ONG Maracá Cidadania realiza Curso de Construção de Projetos com Rede de Turismo de Inclusão

ONG MARACÁ CIDADANIA REALIZA CURSO DE CONSTRUÇÃO DE PROJETOS COM REDE DE TURISMO DE INCLUSÃO

Ocorrerá hoje, às 18:30, no canal do Youtube do Curso de Turismo da Universidade Federal da Paraíba, a abertura do Curso: “Dragões Sonhadores: fomentando o turismo sustentável nas comunidades tradicionais por meio de projetos participativos”.

O Curso é o produto final da Pesquisa Aplicada: Concepção de Referenciais Metodológicos para os Planos Territoriais, Programas e Projetos de Qualificação no Turismo Nacional. Tal pesquisa foi demandada pela UNB, em parceria com o Ministério do Turismo, e será ministrada pela ONG Maracá Cidadania.

Na Paraíba, a Pesquisa ficou sob a coordenação dos professores Rosalma Diniz Araújo (Coordenação geral), Fabiane Nagabe (Coordenação adjunta), ambas do Curso de Turismo da UFPB, e do Professor André Gustavo da Silva (Coordenação adjunta), do IFCE.

O Curso foi modelado pela Rede Rota Turismo de Inclusão, formada no decorrer da pesquisa, que realizou diagnósticos junto à oferta e demanda turísticas nas regiões do litoral e brejo paraibanos. A ideia é trabalhar a qualificação profissional nas comunidades tradicionais do Estado, no intuito de agregar ao já existente do turismo de “sol e mar”, uma oferta turística que possa viabilizar e visibilizar o potencial da cultura paraibana representada pelas comunidades tradicionais (ricas em paisagem, gastronomia, dança, histórias, tradições, entre outros atrativos), fortalecendo o sistema produtivo local e gerando renda para comunidades rurais, ribeirinhas, quilombolas e indígenas, por meio do turismo.

A ONG Maracá Cidadania foi convidada para ministrar o curso, e utilizará a  metodologia do Dragon Dreaming, que concebe projetos participativos de forma colaborativa, ideal para grupos, coletivos e comunidades. 

A Maracá Cidadania é uma organização sem fins lucrativos fundada em 2013,  que tem como missão promover o desenvolvimento sustentável com base na construção de uma consciência  planetária, por meio de projetos dedicados ao exercício da cidadania enquanto prática cultural transversal.

O turismo, como uma atividade econômica que traz em seu bojo toda uma cadeia produtiva e simbólica, precisa ser pensado e trabalhado como um instrumento de inserção e de uma mudança desejada em direção a um futuro mais justo e equânime. E a qualificação/educação profissional é um dos instrumentos mais poderosos para transformar realidades.

>>> 

Responsáveis pela matéria: Coordenação PNQT-PB e ONG Maracá Cidadania.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s