Projetos

> Kolofé – Um caminho de expansão AfroCultural

kolofe-banner-final

Kolofé significa benção em Iorubá, e este projeto fez um caminho de produção de 17 telas criadas pelo artista multivisual Elioenai Gomes em diferentes pontos do centro histórico de João Pessoa, em março de 2015, após ser contemplado na 3ª edição do Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afrobrasileiras, patrocinado pela Petrobrás, com realização do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo dos Santos Neves, em parceria com a Fundação Cultural Palmares e o Ministério da Cultura.

O 3º Prêmio Afro (premioafro.org) contemplou expressões artísticas de estética negra nos segmentos de dança, artes visuais, teatro e música nas cinco regiões do Brasil. Este projeto de artes visuais fora selecionado pela região Nordeste, sendo o único representante da Paraíba entre os 20 vencedores.

21.2 kolofé 15.05

Para ver o ensaio fotográfico de Gustavo Moura clique aqui.

Para assistir o curta-metragem Kolofé de Thomas Freitas clique aqui.


 

> Rio Parahyba

convite_rio_parahyba

Exposição fotográfica de Gustavo Moura sobre diferentes perspectivas e personagens ao longo do rio que dá nome ao estado e serpenteia por seu território. Realizada em parceria com a Universidade Federal da Paraíba, destaca as texturas, sombras e nuances desse “rio de difícil navegação” – Parahyba, em tupi-guarani.


 

> Aiê – Consciência Negra na Ladeira da Borborema

PHOTO-2018-08-23-16-35-04
Cartaz da 2ª edição, realizada em 2018. Designer: Daniel Vincent.

Celebrando a mãe Terra – “Aiê”, em Iorubá – e sua multiculturalidade, o projeto Aiê reverencia as diferentes formas de expressão das culturas negras presentes na brasilidade – na cor da pele, nos rostos, na música, na dança e nos diferentes modos de viver. Realizado no mês da consciência negra e promovido pelo Ateliê Multicultural Elioenai Gomes, Cosmopopeia e Maracá Cidadania, em suas duas edições (2015 e 2018) o projeto realizou ações socioeducativas e culturais que utilizaram a arte como ferramenta de expansão do ser humano, promovendo o reconhecimento da cultura negra e o cuidado com o planeta Aiê.

banner-fb-com-credito-da-foto
Cartaz da 1ª edição, realizada em 2015. Designer: Diogo Rocha.
Para ver o álbum com as fotos da 2ª edição (2018), clique no link abaixo: