Festival Aiê

Print

Festival Aiê 2018

a 2ª edição do Festival Aiê, da palavra ao corpo, vem como ferramenta de expansão do ser humano, dos diálogos e representações do corpo negro. nessa sintonia, nós do Ateliê Multicultural Elioenai Gomes, Cosmopopeia e Maracá Cidadania convidamos para juntos celebrarmos a arte negra em suas múltiplas linguagens na Ladeira da Borborema.
.
entre os dias 25 e 30 de setembro nos encontraremos com uma programação composta por mostras de cinema, exposições coletivas de artes visuais, performances, literatura e música. expressões artísticas atravessadas pelo encontro da ancestralidade e contemporaneidade que nos colocam em conexão com nossa memória coletiva e ancestral.
.
assim vibramos o aiê, a terra, de onde viemos, pisamos, nos encontramos e nos unimos na construção de uma cultura de paz.
>
>>>>>>
.
álbum do festival (fotos: Rafael Passos)
.
>>>>>>
>
serviço:
.aiê.
25 a 30 de setembro de 2018
ladeira da borborema
gratuito
>
realização e produção:
Maracá Cidadania + Ateliê Multicultural Elioenai Gomes + Cosmopopeia
patrocínio:
Fundo Municipal de Cultura / Prefeitura Municipal de João Pessoa
>
#aie2018
#centrohistoricovivo
#dapalavraaocorpo
#mestresemestras
#atelieelioenaigomes
#cosmopopeia
#maracacidadania

Cine Aldeia >>> 19.04.18

o jabuti e a anta

CINE ALDEIA

Na próxima quinta-feira (19/04), às 19h30, a Maracá Cidadania e o Ateliê Multicultural Elioenai Gomes realizarão mais uma edição do projeto Cine Aldeia com a exibição do filme O Jabuti e a Anta, disponibilizado pela plataforma Taturana (taturanamobi.com.br).

O projeto pretende realizar uma sessão gratuita por mês e propõe ser um espaço de diálogo, a partir da exibição de obras da linguagem audiovisual.

O Ateliê Multicultural fica na Rua Ladeira da Borborema, 101, Varadouro, Parahyba-PB.

SOBRE O FILME

A seca em São Paulo é o ponto de partida da viagem. Inquieta com as imagens dos reservatórios de hidrelétricas vazios no sudeste do Brasil, uma documentarista busca entender estas obras faraônicas, agora construídas no meio da floresta Amazônica. Entre os rios Xingu, Tapajós e Ene, ecoam vozes de ribeirinhos, pescadores e povos indígenas atropelados pela chegada do chamado desenvolvimento. Um boat movie e uma reflexão sobre os impactos de nossos estilos de vida.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=VNvnCFmP4FQ

FICHA TÉCNICA

Produção Executiva: Marina Yamaoka | Produção: : Marina Yamaoka e Eliza Capai | Edição: Eva Randolph | Locução: Leticia Sabatella | Coprodução: Greenpeace Brasil, Usina Da Imagem, daesquina Produção Audiovisual, 1979 Music Lab & Collab. | Mobilização e distribuição: Taturana Mobilização Social

MARACÁ CIDADANIA

A Maracá Cidadania é uma organização da sociedade civil paraibana, fundada em 2013 como associação sem fins lucrativos, com o objetivo de exercer controle social e desenvolver projetos e serviços dedicados à cidadania.

Para mais informações, acesse maracacidadania.org .

 

Cine Aldeia >>> 18.01.18

cine aldeia jan 2018

CINE ALDEIA

Quinta-feira (18/01), a partir das 19h, no Ateliê Multicultural Elioenai Gomes, a Maracá Cidadania realiza, em parceria com o Ateliê, a edição de estreia do projeto Cine Aldeia, celebrando a chegada da Caravana de Saberes Huni Kuin. A primeira exibição do ano foca nos povos indígenas brasileiros, com a exibição de três curtas metragens:
.
>>> Tibá – Uma casa uma vida (24min)
>>> Índios no Poder (21min)
>>> Huni Kuin – Os Últimos Guardiões (7min)

.

O projeto pretende realizar uma sessão por mês gratuita, e propõe ser um espaço de diálogo, a partir da exibição de obras da linguagem audiovisual.

>>>

MARACÁ CIDADANIA
.
A Maracá Cidadania é uma organização da sociedade civil paraibana, fundada em 2013 como associação sem fins lucrativos, com o objetivo de exercer controle social e desenvolver projetos dedicados à cidadania. Presta serviços de assessoria e consultoria, buscando o fortalecimento das políticas públicas de cultura e a efetivação dos direitos culturais.
.
>>>
https://www.facebook.com/events/209773482946702/

[Vídeo] Curso básico em Permacultura

“Permacultura é… trabalhar com a natureza e não contra ela…” (Bill Mollison)

.
.
Vídeo sobre o primeiro Curso básico em Permacultura realizado em abril de 2017 pelo Coletivo Simtonia em parceria com a Igreja Céu da Mata d’Água e a Maracá Cidadania, no município de Alhandra/PB.
.
Mais informações sobre o curso podem ser obtidas junto ao Coletivo Simtonia pelo endereço virtual coletivosimtonia@gmail.com e nas seguintes páginas.
.
Simtonia Coletivo: fb.com/simtoniacoletivo
.
Céu da Mata D’Água: fb.com/matadagua
.
Maracá Cidadania: maracacidadania.org
.
>>>
“Permacultura é… trabalhar com a natureza e não contra ela… é olhar os sistemas em todas as suas funções ao invés de tirar apenas um fruto deles, e de permitir que os sistemas demonstrem sua própria evolução.” (Bill Mollison)
 .
“É o design de comunidades humanas sustentáveis. É uma filosofia e uma abordagem de uso da terra que inclui estudos dos microclimas, plantas anuais e perenes, animais, solos, manejo da água, e as necessidades humanas em uma teia organizada de comunidades produtivas.” (Bill Mollison e Reny Mia Slay)

Plano Cultura PB 2017-2027 >>>

Print

 

O Conselho Estadual de Política Cultural da Paraíba (ConseCult-PB) aprovou o documento final da minuta do Plano Estadual de Cultura, destinado a instituir por meio de lei um planejamento para as políticas públicas de cultura do estado nos próximos dez anos (2017-2027).

 

APROVAÇÃO PELO CONSELHO

Na reunião ordinária realizada no dia 6 de julho de 2017, em João Pessoa, o ConseCult-PB acatou em consenso a proposta apresentada pelo gestor cultural Gabriel Moura, da organização da sociedade civil Maracá Cidadania, contratada pela Secretaria de Estado da Cultura (SeCult-PB) para prestar o serviço de consultoria necessário à finalização do Plano Estadual de Cultura, cujo processo de elaboração foi iniciado em 2012.

consecult pb posse 2016
Atual composição do Conselho Estadual de Política Cultural da Paraíba, mandato 2016-2018.

O ConseCult-PB é um órgão colegiado do Sistema Estadual de Cultura com atribuições normativas, deliberativas, consultivas e fiscalizadoras, destinadas a promover a gestão democrática da Política Estadual de Cultura.

Atualmente, é constituído por 24 (vinte e quatro) membros titulares e igual número de suplentes, sendo 50% (cinquenta por cento) do poder público e 50% (cinquenta por cento) da sociedade civil, ligados aos setores artístico-culturais e escolhidos nas 12 Regionais de Cultura do estado por meio de processo eleitoral coordenado pelo ConseCult-PB junto à SeCult-PB. O atual mandato tem vigência até agosto de 2018.

Os arquivos referentes ao Plano Estadual de Cultura estão disponíveis na plataforma de transparência do ConseCult-PB, acessível pelo endereço virtual bit.ly/consecultpb .

 

ESTRUTURA DO PLANO

O documento aprovado está estruturado em torno de 4 dimensões da cultura – simbólica, cidadão, econômica e política -, agregando a dimensão política à concepção tridimensional da cultura, consolidada no Plano Nacional de Cultura, e pressupõe a existência de duas condições administrativas básicas para o êxito do planejamento e o alcance das metas definidas pelo Plano Estadual de Cultura, assim descritas como metas estruturantes:

> A ampliação progressiva dos recursos destinados ao campo da cultura até o patamar de pelo menos 1,5% (um e meio por cento) do orçamento geral do estado.

> O fortalecimento do Conselho Estadual de Política Cultural junto à reestruturação e regionalização da Secretaria de Estado da Cultura.

elementos constitutivos sistemas de cultura

As 77 ações necessárias à implantação e bom funcionamento dos elementos do Sistema Estadual de Cultura foram organizadas em torno de 9 metas, havendo 1 meta para cada elemento do Sistema.

plano cultura pb em números

Para acessar a apresentação sobre o processo de finalização do Plano, clique aqui.

Para acessar o documento final aprovado pelo ConseCult-PB, clique aqui.

 

PRÓXIMOS PASSOS

Com a deliberação do ConseCult-PB, o documento aprovado deve ser encaminhado como projeto de lei à Assembleia Legislativa da Paraíba a fim de instituir o Plano Estadual de Cultura da Paraíba com o planejamento das políticas culturais a serem implementadas no estado nos próximos dez anos (2017-2027).

Além disso, em paralelo ao envio do projeto de lei, o ConseCult-PB deliberou por realizar uma série de Conferências nas Regionais de Cultura do estado, com o objetivo de apresentar de forma regionalizada o conteúdo da proposta de Plano Estadual de Cultura enviado à Assembleia Legislativa da Paraíba.

No entanto, apesar do documento final ter sido aprovado em julho de 2017, até o presente momento (fevereiro de 2018) não se tem notícia do protocolo do projeto de lei na Assembleia Legislativa da Paraíba, conforme deliberado pelo ConseCult-PB na reunião ordinária do dia 6 de julho de 2017 (ver ata) e reiterado na reunião ordinária realizada em 13 de dezembro do mesmo ano (ata indisponível).

Apesar das deliberações, as Conferências Regionais ainda não foram realizadas e deverão estar na pauta da próxima reunião ordinária do Conselho Estadual de Política Cultural, prevista para ser realizada em João Pessoa neste mês de fevereiro.

 

Print

 

MARACÁ CIDADANIA

A Maracá Cidadania é uma organização da sociedade civil paraibana, fundada em 2013 como associação sem fins lucrativos, com o objetivo de exercer controle social e desenvolver projetos dedicados à cidadania. Presta serviços de assessoria e consultoria (ver lista de serviços), buscando o fortalecimento das políticas públicas de cultura e a efetivação dos direitos culturais.

Mais informações podem ser acessadas na página maracacidadania.org .

Curso básico em Permacultura

curso básico em permacultura

“Permacultura é… trabalhar com a natureza e não contra ela…” (Bill Mollison)

>>>

Nos dias 29 de abril a 1º de maio, o Simtonia Coletivo Permacultural realizará o Curso Básico em Permacultura no sítio Nossa Granja, Alhandra/PB.
>
O curso será a oportunidade de pessoas de todas as idades terem contato com princípios, pétalas e práticas da Permacultura, em três dias de vivências em um ambiente verde de aprendizagem coletiva.
>
Cinco tecnologias permaculturais serão abordadas pelas permacultoras e permacultores integrantes do Coletivo Simtonia e postas em prática coletivamente com a abordagem teórica necessária: Compostagem, Círculo de Bananeiras, Filtro Biológico, Forno de COB e Sistemas Agroflorestais (SAF’s).
>
O Curso Básico em Permacultura é uma realização conjunta do Coletivo Simtonia, Céu da Mata D’Água e Maracá Cidadania.
>
Para se inscrever basta acessar o formulário por meio deste link goo.gl/DIBtYA . As vagas serão limitidas e algumas bolsas parciais e integrais serão concedidas.
>
Mais informações sobre o curso podem ser acessadas pelo email coletivosimtonia@gmail.com e nas seguintes páginas:
>

Evento > https://www.facebook.com/events/1643360915968058/?ti=icl

Simtonia Coletivo > fb.com/simtoniacoletivo

Céu da Mata D’Água > fb.com/matadagua

Maracá Cidadania > maracacidadania.org

Local do curso (Google Maps) > https://goo.gl/WQBZvp

>>>

“Permacultura é… trabalhar com a natureza e não contra ela… é olhar os sistemas em todas as suas funções ao invés de tirar apenas um fruto deles, e de permitir que os sistemas demonstrem sua própria evolução.” (Bill Mollison)

>
“É o design de comunidades humanas sustentáveis. É uma filosofia e uma abordagem de uso da terra que inclui estudos dos microclimas, plantas anuais e perenes, animais, solos, manejo da água, e as necessidades humanas em uma teia organizada de comunidades produtivas.” (Bill Mollison e Reny Mia Slay)